Quinta-Feira, 14 de Dezembro de 2017

 
 
 
 
 
 

Home >> Colunistas >> Fran Kauê >> DAI A CÉSAR O QUE É DE CÉSAR - O Assunto São Silvestre no Fantástico!

 
 

DAI A CÉSAR O QUE É DE CÉSAR - O Assunto São Silvestre no Fantástico!

 
 

Ontem fiquei até tarde da noite afim de ver o desfecho sobre o "tal senhor fenômeno" que cruzou a linha de chegada junto com a Elite da São Silvestre, e realmente o "homem" nos mostrou que ele não é só bom de "conversa" mas também de uma criatividade para contar histórias que faria o próprio Maurício de Souza se sentir um amador.
Infelizmente e digo "INFELIZMENTE COM TODAS AS LETRAS", a reportagem só serviu para mostrar o que eu sempre afirmo: A inversão de valores é tão grande neste país, que o certo virou errado e o errado virou certo!. Pelo amor de Deus, o tal "senhor e sua filha" a quem me recuso a escrever o nome para não dar mais IBOPE, conseguiram ter todos os "holofotes" centralizados no que muitos brasileiros se orgulham em pronunciar: "dar o chamado jeitinho brasileiro", meu Deus do céu onde vivemos, que país é este que conta descaradamente e ainda com tom e ar de comédia uma "falcatrua" como se fosse algo normal, que chegou a ser engraçado, e que foi apenas mais um "ato de brincadeira" do que uma ação no mínimo desrespeitosa com aqueles que treinam e lutam diariamente para atingir resultados dignos de estarem no pelotão de Elite da mais tradicional prova do pedestrianismo brasileiro.
O "senhor" vem publicamente na maior emissora de TV e detentora dos diretos de transmissão dos principais eventos esportivos do país, contar com a maior "cara de pau", que correu com o nome de outra pessoa, que pulou a grade de proteção, que largou antes da hora e que etc..etc..etc... que junto com sua "filha" burlaram o regulamento de uma das provas mais tradicionais do calendário de corridas de rua do mundo e tudo fica por isso mesmo? Triste ver profissionais sendo coadjuvantes de pessoas que sorriem enquanto demonstram tamanha cara de pau em mostrar para o mundo que "regras" não foram feitas para serem respeitadas, que mais vale o "jeitinho brasileiro" do que o empenho, dedicação, sofrimento, me sinto remando contra a maré em um país onde o Esporte é ridicularizado diariamente. O Próprio atleta do São Paulo e do Projeto Kiatleta Arte da Vida que deveria ser o protagonista por figurar entre os 10 melhores atletas brasileiros na prova que conta com dezenas de países em sua disputa teve apenas alguns segundos em sua fala, ninguém se preocupa em mostrar o sofrimento para se conseguir patrocínio, para se atingir marcas para estar no tão disputado "pelotão de elite", é "ridicularizar o ridículo", ninguém cobrou a "desclassificação" da filha já que o próprio pai e ela em rede nacional disseram que fizeram tudo de caso pensado, e que na minha opinião com o intuito de querer aparecer, e o pior "conseguiram". Infelizmente são por ações como essas que vejo o quanto o "esporte que tanto amo" está cada vez mais decadente e desvalorizado, como motivar jovens atletas a continuarem sonhando em viver do esporte, como transmitir valores e lutar todos os dias contra o tal "jeitinho brasileiro", como dizer que é possível quando o que vemos é que no Brasil se dá enfase e notoriedade as falcatruas de muitos que usam do esporte para se promoverem, a batalha é diária, a luta é constante e as decepções muitas vezes me fazem querer recuar.
Gostaria muito de perguntar aos dois entrevistados (pai e filha) e também aos apresentadores do fantástico se eles sabem quem é GIOVANI DOS SANTOS, o quanto ele sofreu para novamente subir ao pódio, o quanto é difícil lutar contra as dores, o cansaço pelo simples fato de ainda querer ver um brasileiro no pódio da nossa tradicional Corrida de São Silvestre, será que as pessoas se recordam que o Giovani foi o 5º geral e melhor Brasileiro entre os 10 primeiros participantes, será que as pessoas vão se lembrar da 91ª Corrida Internacional de São Silvestre como a prova que todo atleta de elite sonha em vencer ou se lembrarão apenas de um "senhor e sua filha" que da pior forma possível apareceram durante vários minutos diante da maior emissora de TV Brasileira, e o pior rindo e contando com ar de graça como se trapacear e chegar na frente de quem batalha diariamente para viver do esporte. É lamentável porém é a triste realidade e só comprova que "o certo virou errado e o errado virou certo".... Meus sentimentos ao Giovani dos Santos, ao atleta do Projeto Kiatleta Arte da Vida do meu amigo Antonio Carlos Fernandez, e a todos atletas de "ELITE" que foram simplesmente ofuscados pelo tal "jeitinho brasileiro", e a Rede Globo fica aqui o meu pedido e apelo: DAI A CÉSAR O QUE É DE CÉSAR .

 
 

Você comenta:

 
Colunista

Fran Kauê


Francisco Carlos, o Fran é ex-atleta profissional/universitário, foi jogador de Futsal, lutador de 06 estilos de artes marciais, e apaixonado por corridas, já participou de provas de 5km até ultra maratonas(provas de 24 horas), é fundador da AEC Kauê e Coordenador dos Projetos de Inclusão Social através do Esporte da entidade, além de esportista é consultor de informática e palestrante.