The upgraded design of rolex replica the watch's removable lugs after swiss rolex replica the new design uk replica watches makes the watch more flexible rolex replica watches and comfortable.

A.E.C. Kauê Itaquerense - Esporte, Solidariedade e Companheirismo

Terça-Feira, 11 de Dezembro de 2018

 
 
 
 
 
 

Home >> Notícias >> AEC Kauê presente em ação solidária as vítimas de Mariana/MG

 
 

AEC Kauê presente em ação solidária as vítimas de Mariana/MG

 

Fran Kauê e amigos levam donativos as vítimas da tragédia em Mariana/MG

 
 

09/12/2015 Fonte: Departamento de Marketing - AEC Kauê

 

Fonte:Clique na Imagem para ampliar - (Foto Divulgação)

Mariana/MG 03 dias que vão marcar pra sempre nossas vidas!!!
Alguns convites não podem esperar, ou simplesmente são sinais de Deus, então Deus usou minha irmã de fé Magali que me propôs participar de uma ação em favor das vítimas de Mariana/MG, de bate pronto e em apenas alguns dias mobilizamos dezenas e dezenas de pessoas em nome de um único objetivo: AJUDAR.
Mobilizamos as tais redes sociais e através dessas ferramentas conseguimos roupas, alimentos, água, produtos de limpeza, higiene pessoal, calçados e tudo que imaginávamos que nossos irmãos mineiros iriam precisar.
Em meio as triagens minha mãe acabou escorregando e quebrou o braço (desespero, sentimento de culpa, e vontade de parar com tudo), mas Deus sempre fala comigo, e novamente ele me mandou um sinal e me mostrou que o que tem que “acontecer” deve acontecer, apenas devemos confiar, aguardar e acreditar, e assim o fiz.
Na sexta feira (20/11/2015) a partida era para ser ao meio dia, porém um caminhão era pouco para “tanta solidariedade”, e agora? Vamos deixar coisas para trás? Que nada, Deus sempre fala com aqueles que usam o seu nome em favor de “ajudar o próximo”. E novamente Deus nos mostrou o quanto somos abençoados por ter tantos amigos, meu irmão de fé Johnny tinha uma Ducatu, e assim aconteceu, a principio iria Eu, o Jairo e o Sr. Chiquinho no caminhão, porém com mais um veículo a disposição, tivemos a companhia do Branco e do Bryan, meus irmãos de fé, de estrada e da solidariedade se uniram a nós e partimos por volta das 15.00hs.
Porém as despesas aumentariam, os custos da viagem para dois veículos seria alto, e então Deus novamente abriu as portas, meus irmãos de fé e mais alguns amigos se reuniram e arrecadamos um valor que acreditávamos ser o bastante! Partimos, fomos em busca de amenizar e poder oferecer um pouco de solidariedade para tantas famílias, entre uma risada e outra, vinha na cabeça aquela preocupação, aquela incerteza.
Horas e horas de viagem, e ao chegar em Mariana/MG fomos direto para o Centro de Solidariedade da Cidade, e quanta solidariedade pudemos encontrar ali, “o brasileiro” é um povo “porreta mesmo”, de um coração gigantesco, de um amor ao próximo incomparável, que orgulho ao ver a mobilização dos voluntários, a quantidade de coisas que ali estavam.
Descarregamos o caminhão e a Van, ouvimos diversas histórias, sofremos com a dor daqueles que perderam tudo, porém não perderam a “esperança”, pessoas que estão alojadas em simples “hotéis” a espera do amanhã e a incerteza do futuro, após algum tempo fomos almoçar e convidamos um dos “voluntários” que também perdeu tudo na “tragédia” para almoçar conosco e contar um pouco do que ele e a família estavam passando, me senti impotente diante de tantas histórias, queria fazer algo, porém “somos fracos” diante de tanto sofrimento.
Recebi um presente diretamente de Deus que foi viver a “experiência mais linda que tive diante de uma tragédia tão grande, conhecer o Caíque de apenas 2 anos, renovou minhas energias, alimentou minha alma e me fez renovar a certeza de que Deus “nunca erra”.
Agradeço de coração a cada amigo que colaborou, que confiou em mim e nos meus irmãos de fé como portadores de cada “doação feita”, não posso citar aqui nenhum nome, seria “desumano e injusto”, quero apenas aqui dizer meu muito obrigado, e poder compartilhar com vocês um pouquinho de tudo que passamos ali, por mais que eu escreva, conte, mostre fotos, minha capacidade de expressar o que senti nesse período será vazia diante de tudo que vivenciamos. O que posso fazer é pedir a Deus e Nossa Senhora Aparecida que ilumine, proteja, abençoe cada família e cada pessoa que de alguma forma colaborou para “nos proporcionar” uma das maiores sensações que já vivi ao longo de toda minha vida.
Me sinto cada vez mais abençoado, pois recebi ligações, mensagens de apoio, e até mesmo presente de algumas pessoas que ao saber para onde estávamos indo faziam questão de nós agradar de alguma forma.
Estou cada vez mais certo de que nunca é entre “eu e os outros, mas sempre será entre eu e Deus”... Firme Forte e Feliz.

 
 

Você comenta: